Lojas Americanas Celulares

Pela diversidade: Blizzard cria programa para contratar mais mulheres e minorias

Ricardo Eletro 11 Ago 2017



Um novo memorando interno da Blizzard, desenvolvedora de games como World of Warcraft, Hearthstone e Overwatch, indica que a empresa cria uma "iniciativa global de diversidade e inclusão". Medida tem objetivo de recrutar mais mulheres e grupos minoritários que atualmente estão sub-representados na companhia com sede na Califórnia. A campanha chega logo após polêmica no Google depois que um funcionário divulgou um manifesto machista internamente. A Blizzard pretende melhorar o ambiente de trabalho para as mulheres e os grupos minoritários em geral, como gays, lésbicas e trans, e fazer um esforço para mantê-los na empresa.

Segundo o CEO e co-fundador da Blizzard, Mike Morhaime, as mulheres atualmente representam 21% da força de trabalho da Blizzard, enquanto os grupos minoritários chegam em 14%. Desenvolvedoras mulheres têm uma taxa de saída maior da empresa em relação a homens. Apesar da característica estar alinhada com a indústria em geral, a Blizzard pretende mudar essa realidade com novas medidas. A criadora de Overwatch diz que não irá criar cotas para novas contratações, mas planeja trabalhar com grupos como Girls Who Code para encontrar mais candidatas mulheres e melhorar seus métodos gerais de recrutamento. Ano passado, a empresa já mais do que duplicou a quantidade de mulheres contratadas, e o valor tende a aumentar com o novo programa. A empresa já possui um conselho LGBTQ que oferece reuniões mensais e aconselha os projetos da Blizzard. Mais recentemente, a companhia ainda criou outro conselho similar, dessa vez formado por mulheres de vários níveis na empresa.

Celulares BR © Copyright 2017 - 2017, Todos os direitos reservados